domingo, 19 de outubro de 2008

FAZER AMOR COM O LIXO

Na edição “verde” da passada quarta-feira, do jornal “Metro”, li uma reportagem sobre a empresa Oon Solutions, que parece que vai lançar uma máquina (a "Candlemaker") que transforma os óleos usados domésticos em.... velas!

Estou realmente excitado com esta invenção e desejoso de gastar dinheiro numa máquina que me permita converter uma coisa que tenho em casa, noutra coisa que também tenho aos magotes por casa!

Ainda bem que não lançaram qualquer coisa inútil, do tipo de converter velas em dinheiro. Seria desperdício puro.

Por falar em desperdício, por estranho que possa parecer o mais interessante do artigo em questão nem era a máquina em si, mas a explicação dada pelo Administrador para o facto de a terem criado: “Queria fazer com que as pessoas se apaixonassem pelo lixo que têm em casa”!
Numa altura em que se anda tudo a queixar de excesso de trabalho e cansaço, é fascinante ver o que é que as pessoas que não têm nada a fazer pensam.

Temos, então, um Administrador duma empresa, pelos vistos com dinheiro e meios, sentado na sua secretária, sem um único papel, a pensar: “Ora, o que é que eu poderia inventar?.... hmmmmmmmmmmmm.... deixa cá ver.....”

- "Um sistema para controlar os bancos, que evite que o sistema financeiro entre em rotura!” “Nãaaaaaaaaa... ninguém se ia interessar por isso!!!”

- "Já sei! Já sei! Um meio para pôr a selecção nacional a jogar melhor que o grupo de casados cá do bairro!!!”
“Nãaaaaaaaaa... milagres também não faço...”

- "Já sei!!! Uma maneira de pôr as pessoas a fazer sexo com as porcarias que têm no caixote do lixo!!! É isso mesmo! Eureca!!! Sou G-E-N-I-A-L!!!”

Passada a fase da inveja por não ter sido eu o criador da maravilhosa invenção que é a máquina que transforma óleos em velas, há que ser honesto e enaltecer o feito.

E confessar que eu (como certamente todos vocês) já me senti atraído por lixo.

No meu caso, foi apenas uma atracção, é certo, mas cheguei a sair cerca de 3 semanas com uma velha lata de sardinhas.

Já a frio, penso que o problema não terá sido a diferença de idades, mas sim o ser uma mera atracção, mas não ter havido verdadeiramente química.
Isso, e as interferências de quem não suportava ver-nos juntos.
Lembro-me, como se fosse ontem, dos olhares de ciúmes que me eram deitados, oriundos das garrafas deitadas no ecoponto verde, a gritarem em silêncio: “Aquele gajo usou-nos a vida inteira e agora anda com plásticos e metais? Traste! Sem-escrúpulos!"

97 sorrisos:

susana catarino disse...

e isso faz-se? trocar as belas e simples garrafas por uma lata de sardinhas?? já não há decência... pelo menos, ainda bem que foi so uma atracção... nao fosses tu apaixonar-te e na altura do casamento aparecerem as garrafas e impedirem-te o casório:)

korrosiva disse...

Eu sou apaixonada pelo pó do moveis cá de casa...
uma relação perfeita...
eu não lhe toco, ele não olha pra mim!! ;)

Cláudia disse...

Pera ai só um bocadinho, que eu vou ali apaixonar-me :)

Cláudia disse...

Pelo lixo claro...


Isto há cada uma...
ou cada um

alfabeta disse...

Eu não sei se é paixão, mas penso no lixo todos os dias, que o tenho que ir deitar à rua, senão mais ninguém vai!


Mas reciclo, principalmente plástico e latas, porque demoram muito tempo a desaparecer do planeta.

Áh, e porque no contentor azul, está lá a foto do David Beckam todo nú, lol

Teté disse...

Confesso que também passei por essa fase e foi mais que mera atracção! No caso, eram umas velhas botas de camurça e sola de borracha, confortáveis para xuxu.

Mas pronto, como tudo o que é bom acaba depressa, seres invejosos e ciumentos, num dia tenebroso, em que estava mais distraída, despacharam-nas para bem longe e nunca mais as vi! Ingratas! Nem um postalzinho a dizer que estavam bem??? :)))

Beijoquitas! (há mesmo gente que não tem nada que fazer...)

BlueVelvet disse...

Eu já sabia que o bicho homem está em falta, mas daí a ter que me apaixonar pelo lixo...só se for ecológico.
Só tu mesmo! rsrsrsrsrs

Patti disse...

Ao que chegam as estratégias de marketing.
Apaixonarmo-nos pelo lixo que temos em casa?
Se ainda o contentor tivesse lá a carinha do Mcconaughey.....

Ana GG disse...

Confesso que também devo ter uma pontinha de paixão pelo lixo, por vezes coloco-o no carro e passeio-me com ele todo o dia. Só tenho coragem de o deitat fora quando, depois do trabalho, sinto um cheiro nauseabundo na viatura. Será paixão ou verdadeiro amor?
:)

Anita :) disse...

lolololol:))eu subscrevo as palavras da korrosiva ali em cima!!!é uma relação perfeita ehehehe

sandra disse...

“Queria fazer com que as pessoas se apaixonassem pelo lixo que têm em casa”!

Esta já vem tarde para mim, se não vê lá...
todos os dias o faço...
todos os dias o deito...
todos os dias o aperto...
todos os dias o carrego...
todos os dias o ajudo a despejar... porque sózinho não consegue,
que mais quer o meu lixo!!???
É amor, e verdadeiro!!

sandra disse...

Beijos pa ti e uma óptima semana.

:)

Maria Anjos Varanda disse...

Ah pois só pode ser paixão mesmo..
Não há dia que não lhe toque.....que não esteja com ele...é uma relação digamos que ...super dependente.....mais da parte dele...não passa sem a minha ajuda...chega a ser doentio..

Beijos

Moyle disse...

nunca saias com latas de graxa. fazem-te a vida negra:(

Moyle disse...

nem com caixas de fósforos porque torram-te a paciência e a chama dura pouco.

Myllana disse...

Cada qual com sua loucura :P
Mas apaixonada mesmo...hum....O sofá aqui de casa..boa pra uma soneca...
Bom mesmo:)
Sorrisos pra ti!

peciscas disse...

Cá por mim, sou muito volúvel. Mudo de paixões todos os dias...
Desde garrafas de bjeca a garrafões de plástico, de revistas do Inatel a embalagens de Skip, marcha tudo...

Andreia do Flautim disse...

Cada pessoas tem a sua ideia! Pronto, lá lhe saiu aquela!

Vício disse...

já sei onde ir entregar os óleos usados!
Fátima!

vita disse...

Eu apaixonar ainda não, ando á procura de um lixo reciclável com bom aspecto ainda e que o possa meter no caixote quando me apetecer..lol

Beijo sorridente

Canephora disse...

Uau!
Haja ideias.... que brilhantismo a do senhor.
Deve ser qualquer coisa de espectacular, acender a vela e passados uns minutos voltarmo-nos para a cara metade e dizer: "Esta foi feita com o óleo de fritar peixe. Lembraste dos carapaus fritos com arroz de tomate? Pois, esta vela foi feita desse óleo"; ou ela dizer assim: "Querido, cheira-me a rissóis. O que vais fazer para o jantar?" e responde ele... "não sejas parava, não vês que é da vela?"

Quanto a paixões por lixo... acho muito natural e não vejo mal nenhum.
Além disso, se miúdas de 16 anos se "apaixonam" por homens de 70 e 80; se "gaijos" se apaixonam por outros igualmente estranhos, se "gaijas" vão à loucura por causa de outras, porque seria de censurar andares com a tua latinha das sardinhas?

Miguel disse...

onde é que tu vais desencantar isto pah? LOL

bom post :P

boa semana :)

D.Antónia Ferreirinha disse...

Em relação aos óleos, também tive uma colega que pretendia que todas nós fizessemos a recolha.
Ainda bem que não deu em nada.

Beijinhos.

Vida de Praia disse...

LOL
Nada como uma ideia genial - NOT! - para pôr a malta a reciclar, he he he :-P Realmente!...

APO (Bem-Trapilho) disse...

ehehe ela há com cada um!!! :)

•.¸.♥`'•.¸ ¸.•'´♥.¸.•
Especial Natal Bem-Trapilho! Não percas!!! :)
Bjinhos e boa semana!
•.¸.♥`'•.¸ ¸.•'´♥.¸.•

Sorrisos em Alta disse...

Susana Catarino,

Sou um gajo que não liga só ao aspecto exterior. E aquelas garrafas... bem, aquelas garrafas não tinham nada dentro!
;o)

Sorrisos em Alta disse...

Korrosiva,

E a quantidade de casais humanos que para aí há com esse tipo de amor um pelo outro....
;o)

PS - Cá em casa somos uns liberais e a relação é a três: eu, o pó e... o cotão!
;o)

Sorrisos em Alta disse...

Cláudia,

Não gozes. Amar o lixo tem as suas vantagens: não nos parte a cabeça, não nos critica por chegar tarde nem por passar tempo com os amigos...
;o)

Sorrisos em Alta disse...

Alfabeta,

Nesse caso, não acho que seja paixão. Pelo contrário, deve ser ódio: Eles a juntarem o lixo com tanto carinho e tu, ciumenta, a levar a concorrência para o aterro....
;o)

Sorrisos em Alta disse...

Teté,

Não desfazendo... e quem te disse que as botas não se apaixonaram por outros pés e se fizeram à estrada???
;o)

Beijocas

Sorrisos em Alta disse...

Bluevelvet,

Não percebi essa boquinha do "só tu mesmo...". Fica sabendo que as declarações que expus não são minhas!!! (por muito que isso te custe a acreditar!)
;o))

Beijinhos

Sorrisos em Alta disse...

Patti,

Como o MacConas não usa desodorizante, pelo menos no cheiro deve ser parecido com o caixote....
;o)

Bjoquinha

Sorrisos em Alta disse...

Ana GG,

Acho extremamente romântico isso de ele te esperar o dia inteiro no carro enquanto trabalhas! ah.... o amor é lindo!!!

;o)

Sorrisos em Alta disse...

Anita,

depois dos homossexuais, qualquer dia é o pó a fazer um lobbie para o casamento com os humanos ser reconhecido...
;o)

Sorrisos em Alta disse...

Sandra,

Depois de um poema desses, deve já haver aí gajos a desejar serem tratados como lixo nas tuas mãos!
hehehehheh

Beijinhos

Sorrisos em Alta disse...

Maria Anjos Varanda,

Não gosto de me meter na relação dos outros, mas acho que devias pensar em largar o gajo, se ele só está contigo por interesse e a aproveitar-se da tua bondade...

;o)

Susanyttah disse...

Agora solteira também me resolvi por novas experiências, mas não quis ser como toda a gente, e achei que em vez de virar lésbica, sair c o ecoponto azul era muito melhor. Admitamos que é o mais sexy... e eu cá, só lixo reciclável!! Mas ainda lhe ando a piscar o olho ;)

LOOOOOL

Beijo

Mas afinal o que estou eu aqui a fazer?... disse...

Bem, andava para vir espreitar esta toca e agora que perdi a cabeça vi que este blog é do catano! Tiveste a coragem de revelar uma coisa que seria impensável pa mim! (Sim, porque pronto, na verdade tb já tive uma paixoneta, era pelo... aaahh.. huum! não sei se consigo! oh, pronto! pelo papel higiénico usado! PRONTO! Tá dito!
Uau! Sinto-me mais leve! ;p

Tá-se bem! disse...

Realmente, sorrisos.. trocar as garrafas por uma lata de sardinhas! Tssssssss seu vira lata!

eheheheheh :p

Abraçooo :)

vida fugaz disse...

Bem diz a minha avo e parece verdade, ESTAMOS A VER O FINAL DO MUNDO!!!!
;)))
Beijo

By myself disse...

Blog genial!
Quanto a paixão pelo lixo, espero que não me aconteça porque não iria gostar de ter que me separar nem de o separar, e o espaço cá em casa está distribuído. Metê-lo na minha cama está tb fora de hipótese. Naaa...ía ser uma paixão fugaz, em que alguma das partes teria de acabae num contentor.

Bjs

Sorrisos em Alta disse...

Moyle,

Mas pensas que eu sou algum tarado, para andar para aí a sair com tudo o que é lixo???

Nisto do lixo, quem gosta de bacanais não se contenta com contentorzinhos, tem que ir logo para um aterro sanitário (e é daí que deve ter vindo a expressão tão usada nesta variante da pornografia, o "Aterra-mo todo!"). Ou não...

Abraço

Sorrisos em Alta disse...

Myllana,

E porque é que te lembraste do sofá???
Apanhaste-o, abandonado e triste ao lado de algum contentor?
;o)

Um sorriso

Sorrisos em Alta disse...

Peciscas,

Tem tento na língua, pá!!!
isto é um blog de gente decente e respeitadora, lido por muitos católicos.
Não venhas para aqui falar em promiscuidades!!!!

;o)

Sorrisos em Alta disse...

Andreia,

Eu cá, conheço pessoas que não têm nenhuma ideia. Alguém deve ter tido duas...
;o)

Sorrisos em Alta disse...

Vício,

Ainda não confirmaram o custo da máquina nem das cápsulas, mas já vão dizendo que deve custar o mesmo que as máquinas de café.

Se levares a máquina para Fátima, e a puseres a render para uma loja de produtos religiosos e para uma sex-shop, estás rico!

Sorrisos em Alta disse...

Vita,

Mania que vocês, mulheres, têm de se armar em esquisitas na hora de escolher!!!
;o)

Beijinhos

bjecas disse...

Velas?!!! Pataniscas é que era pá...

Abraço

\m/

Mariana disse...

as minhas paixoes sao outras loll
bj

PDuarte disse...

baseada no dito:
tens de me mostrar o teu caixote do lixo!

Safira disse...

Eu lixo, lixo ainda não. Mas tenho um 'pilhão' improvisado numa caixa de clips nº 10, em cima da secretária, e passo o dia a contemplá-los (enquanto não arranjo coragem para levar as pilhas para o ecoponto). É grave, doutor?
;)

Sorrisos em Alta disse...

Canephora,

LOL

Rendo-me!
Vou pôr o teu comentário como post e o meu post como comentário!
;o)

Sorrisos em Alta disse...

Miguel,

Esta foi tirada dum jornal... que já estava para ir para o lixo!
;o)

Abraço

Sorrisos em Alta disse...

D.Antónia,

A tua colega queria que vocês recolhessem os óleos... dela????
;o)

Beijinhos

Sorrisos em Alta disse...

Vida de praia,

Os objectivos deles são o de vender o raio da máquina a milhões de lares, por todo o mundo.
O raio da máquina deve ir custar tanto como uma máquina de café.
Haverá milhões de pessoas a gastar esse dinheiro para fazer velas????
Haverá assim tantos adeptos de procissões???
;o)

Sorrisos em Alta disse...

Apo,

Está bem que dizem que o Natal é quando um homem quiser, mas... em Outubro????
;o)

Sorrisos em Alta disse...

Susanyttah,

Cuidado!!!!
Andam para aí uns ecopontos muito mal intencionados!!!
Nem os adiciones ao hi5....

;o)

Beijinho

LeniB disse...

Gosto particularmente do meu caixote do lixo: não tem rabos de meninas...é que ele é muito macho...só gosta de gajos...e rejeita todo o tipo de lixo feminino...enfim, manias...
bjs

Sorrisos em Alta disse...

Mas afinal o que estou aqui a fazer?

Obrigado por teres perdido tempo para espreitar aqui a toca!

É sempre agradável quando duas pessoas se conhecem e o primeiro tema de conversa é sexo com lixo e papel higiénico usado...
;o)

Sorrisos em Alta disse...

Tá-se bem,

As garrafas têm um grande defeito: acomodam-se quando conquistam um gajo. Começam a ganhar barriga, de ar, e ficar lerdazinhas do conteúdo...
;o)

Abraço

Sorrisos em Alta disse...

Vida fugaz,

Obrigado pela visita.

A tua avó que não diga isso muito alto ou alguém ainda vai querer criar uma máquina para reciclar o fim do mundo...
;o)

Sorrisos em Alta disse...

By Myself,

Obrigado por teres passado por aqui (e gabo-te a coragem, com a foto de apresentação que está aí por cima...) ;o)

E concordo contigo. Já não acho muito interesse ao amor e uma cabana quanto mais ao amor e um contentor...
;o)

Sorrisos em Alta disse...

Bjecas,

Quais pataniscas... uma máquina que transformasse as velas em bjeca é que era!
E mais ecológico não há...

Abraço

Sorrisos em Alta disse...

Mariana,

Mais concretamente, estás a falar de quê?
Cascas de fruta?
Fraldas usadas?
Comida fora do prazo????

;o)

beijinhos

Sorrisos em Alta disse...

PDuarte,

E de quem pensas que é o caixote que está aí na foto???
;o)

Abraço

Sorrisos em Alta disse...

Safira,

Para mim, só seria grave se eu fosse o teu patrão!!!!
;o)

Beijinhos

Sorrisos em Alta disse...

Lenib,

O teu caixote é gajo para se ter ido manifestar a semana passada para a Assembleia, a favor do casamento com contentores, não?
;o)

beijinhos

blueminerva disse...

Solicita-se com urgência uma bombada de AirWick Freshmatic...


beijocas querido

alfabeta disse...

Com carinho junto eu o lixo!

Por eles vai tudo para o mesmo contentor! ;)

Pedro Barata disse...

Não conhecia este espaço e gostei bastante, voltarei mais vezes.
Parabéns!
Se quiseres visitar-me também:

www.aquelebagacinho.blogspot.com

Saudações

Luis disse...

eu por acaso, tenho cá uma garrafa de polpa de tomate vazia que é um amor, somos felizes, ela não me chateia muito, cumpre a sua função com aquela abertura á medida.

Atlantys disse...

Eu juro que gostava de escrever aqui qualquer coisa inteligente mas depois de ver a primeira imagem e ler o teu post é impossível hahahahaha
Beijokas =)***

Anja Rakas disse...

"Por que a poesia tem que se confinar?
às paredes de dentro da vulva do poema?
Por que proibir à poesia
estourar os limites do grelo
da greta
da gruta
e se espraiar além da grade
do sol nascido quadrado?

Por que a poesia tem que se sustentar
de pé, cartesiana milícia enfileirada,
obediente filha da pauta?
Por que a poesia não pode ficar de quatro
e se agachar e se esgueirar
para gozar
� carpe diem! �
fora da zona da página?

Por que a poesia de rabo preso
sem poder se operar
e, operada,
polimórfica e perversa,
não pode travestir-se
com os clitóris e balangandãs da lira?"

Eva disse...

parece-me uma boa opção!!!!

Casemiro dos Plásticos disse...

Parece-me uma ideia do camandro e penso que vai pegar, abraço.

Dina disse...

venho dizer-te que a minha rádio está à frente da tua...ehehehe!!
É só um lugar mas isso não interessa nada.
http://cotonete.clix.pt/popup/top_radiospessoais.asp?radio_id=196225

Educar para Integrar disse...

Senhor sorrisos, passa no cantinho educar-para-integrar.blogspot.com

Beijo*

(Susanyttah - Estrelinha)

lilipat2008 disse...

Pois...a volta que tu consegues dar à coisa...és mesmo português...deverias estar a enaltecer o feito, sim...porque tão importante como acabar com a crise é preservar o nosso planeta, porque sem ele a crise nem existe nem deixa de existir...mas vá...como és tu perdoo-te o engano...:P

bjs

Gata Verde disse...

O perfume do meu lixo é fantástico...estou apaixonada!

Sorrisos em Alta disse...

Blueminerva,

Mas... no ar, ou nas narinas de quem tem ideias destas???
;o)

Beijocas

Sorrisos em Alta disse...

Alfabeta,

E, se queres que te diga, têm eles toda a razão!
Não temos nada que fazer o trabalho dos outros.
Andamos a tornar-nos nuns carneirinhos.

Há muitos anos atrás, mandávamos o lixo para a rua.
Começaram a obrigar-nos a pô-lo num caixote.
Agora, já temos que o separar em 4 diferentes.
Qualquer dia, temos que o ir triturar ao aterro....
;o)

Sorrisos em Alta disse...

Pedro Barata,

Convém ao menos fingir que leste. Mas, ok, estou bem disposto e já lá passo no teu tasco.

Sorrisos em Alta disse...

Luís,

Ou aí na tua terra as garrafas têm uma medida muito maior que o normal ou não sei como te safas.... com o dedo???
;o)

Sorrisos em Alta disse...

Atlantys,

Para que, não conseguia escrever, ainda deixaste umas linhas...
;o)

Beijinhos

Sorrisos em Alta disse...

Anja,

Gabo-te por, num post sobre sexo com lixo, conseguires fazer um comentário com poesia.
Já eu, quando tenho que comentar poesia... só me sai lixo!
;o)

Beijo

Sorrisos em Alta disse...

Eva,

A minha... ou a das garrafas?
;o)

Sorrisos em Alta disse...

Casemiro,

Por aqui, pegar... mais facilmente pegará o óleo às panelas e às paredes!
;o)

Abraço

Sorrisos em Alta disse...

Dina,

Se ainda fosse à frente de alguém de jeito, ainda percebia a alegria... agora... da minha????
;o)

Sorrisos em Alta disse...

Susanyttah,

Hoje passei aqui de fugida, mas fica registado e amanhã já lá passo.

Desde que retires a parte do ofender-me ao tratar-me por "sr."!!!
;o))

Beijinhos

Sorrisos em Alta disse...

Lilipat,

Sou português e gosto de o ser.
mas não enalteço uma idiotice só porque foi feita cá...
Por ser eu, sei que vais perdoar-me também o chamar idiotice à ideia...
;o)

Beijinhos

Sorrisos em Alta disse...

Gata verde,

Nem sei como é que há gente que gasta dinheiro a sniffar coisas, quando há aí tantos bons caixotes a dar sopa...
;o)

João disse...

shit happens.. e quanto mais melhor! lol

que ideia mais out (ou in!)... eu curto.

Pandora disse...

Meu querido sorrisos, quem não sabe, inventa , e esse tipo inventou uma treta fabulosa que certamente dará dinheiro a muita gentinha, apesar de ser inutil.

Agora tu teres trocado as garrafinhas por uma lata... francamente, não sabes inventar mais nada??
Beijos e bom fds.

Sorrisos em Alta disse...

João,

Obrigado pela visita!

Eu também curto. Para mim, o lixo quanto mais curto, melhor.
Sempre dá mais jeito para carregar...

;o)

Sorrisos em Alta disse...

Pandora,

Confesso que, com o lixo (e só com ele), sou um debochado! Dou por mim rodeado dele, sem olhar a de que é feito...
;o)

Beijinhos

Carloressu disse...

Há coisas fantásticas não há!?
Obviamente já marquei a minha visita cozinholandia do Mcdonalds para o próximo Verão.Sim porque assim sempre aproveito os descontos das low cost...

Sorrisos em Alta disse...

Carloressu,

No Verão, de facto deve ser a melhor altura para visitar aquilo, com o pessoal a suar para cima dos hamburgueres e das batatas...

Livra!

Abraço