domingo, 10 de fevereiro de 2008

Alice no País das Maravilhas

Aqueles que me conhecem pessoalmente sabem porque é que a história da Alice no País das Maravilhas tem um significado muito especial para mim. E muito mais hoje do que quando era criança.

E pelos vistos não é só para mim. Esta semana perguntaram a um gestor de topo, um dos novos "crânicos", quais eram os seus livros de referência na sua área, a da gestão.

Sem pestanejar, referiu dois, que para o comum dos mortais poderiam ser meros livros infantis. Um deles, precisamente o da "Alice no País das Maravilhas".

Confusos?
Pensem um pouco...
Há cartas humanas a correrem que nem baratas tontas.
Há uma pessoa que é empurrada para dentro dum poço.
Há a Alice que cresce e diminui consoante o que come e as circunstâncias.
E é a Alice que manipula o que vai acontecendo.
E há muitíssimos mais exemplos.

E então?
Uma mera história infantil? Ou uma lição?

1 sorrisos:

LopesCa disse...

Eu ligo muito à "Alice no País das Maravilhas", basta passar pelo meu canto para notar :)