sábado, 10 de novembro de 2007

O pequeno Anjo

Há dias assim, em que uma pessoa acorda com o coração mole e que não apetece começar logo a desancar no Mundo.

Pelo contrário, apetecer elogiar pessoas, sentimentos ou fenómenos da natureza (tenham calma, que isto passa-me rápido e não vou aqui começar a fazer chorar).
Há coisas que merecem ser divulgadas.

Fiquem com uma história que recebi por email (autor não identificado):

"Kenadie Jourdin-Bromley, conhecida ao redor do mundo como "o pequeno anjo", nasceu em Fevereiro de 2003, pesando pouco mais de um quilograma e com 22 centímetros.

Na altura, os médicos consideraram que ela não passaria da primeira noite.
Não foi o que aconteceu.

Ela continuou a desafiar a medicina e todas as expectativas e com a idade de 8 meses, Kenadie foi finalmente diagnosticada como com nanismo primitivo, uma condição genética que crê-se que afecta somente 100 pessoas em todo o mundo.
Não se espera que ela cresça mais que 70 centímetros ou que tenha mais que 5 quilos.

O estado de Kenadie inspira cuidados constantes e da presença actuante e carinhosa dos pais Brianne Jourdin e Tribunal Bromley agora que está completando 4 anos.
Ela adora passeios, corridas e começa a falar as suas primeiras palavras.

Dizem que o mais impressionante é que pessoas que de uma forma ou outra estiveram em contato com a menina, têm a sua vida radicalmente mudada por acreditarem que foram tocadas por um pequeno anjo com um enorme coração."Pois é.... EU TAMBÉM TENHO SENTIMENTOS!!!!
(Surpresa, não???) :O)

4 sorrisos:

chiconline disse...

É comovente esta história...

Sorrisos em Alta disse...

Qual, a de eu ter sentimentos? :o)))
A, a outra também é, sim senhor!

chiconline disse...

hahaha, ambas ;)

missrien disse...

mesmo impresionante como historia.