domingo, 23 de setembro de 2007

O "tiro"pela CUlatra

Há gente que faz de tudo para ter uma recordação do seu ídolo.

Para os mais extremistas nesta matéria, existe o site "Celebrity Skin and Bodily Fluids" (em tradução livre, qualquer coisa como "Pele e fluidos corporais de celebridades"), de uma empresa norte-americana de Los Angeles.

Nele, os fãns incondicionais podem adquirir saliva, urina, excrementos e outros fluídos dos seus ídolos.

Parece que há lá "partes" (soltas) de gente como Mike Tyson, Michael Stype, Jay Z, Matt Groening, Robert Downey Jr. e muitos outros.

Os seus criadores, que se mantêm anónimos, dizem-se ex-assistentes pessoais em Hollywood, razão que lhes parece permitir garantir a autenticidade dos produtos.

Parece que o logro resulta, pois a empresa existe já desde 2003.

Apenas a título de curiosidade, uma amostra da pele da actriz Sarah Jessica Parker custa 11 euros, ao passo que um pouco de urina de Robin Williams custa 18 euros. Já quem queira os dejectos do músico Jack Black terá que desembolsar 66 euros.

Muitos de vocês se calhar ficaram enojados com o conceito (ou a descrição).

Pois a mim, abriu-me foi... o apetite (salvo seja).

Explicando melhor: achei a ideia pura e simplesmente brilhante. E, embora não a querendo copiar, achei que podia lucrar também algo com ela.

E assim, depois de anos e anos a mandar os meus dejectos a título gratuito para o esgoto, numa das minhas últimas idas ao wc, lá soltei o dito cano abaixo, desta feita com um cordelinho a envolvê-lo, na ponta do qual um papel comunicava à Câmara Municipal da minha localidade que este era meu!

Estava tão convencido de que ser o escriba oficial do blog dos Sorrisos em Alta me teria já dado fama mundial, que fiquei certo que a Câmara certamente iria proceder à venda do bem (ou pô-lo em exposição em minha homenagem) e que, a posteriori, me enviaria o lucro das vendas (mesmo que para si retivesse uma pequena parte, para cobrir as despesas).

Dito e feito.
E nem foi preciso esperar muito. Ao fim de alguns dias lá recebi uma cartinha deles.

Radiante, abri-a com um brilho nos olhos (enquanto tentava imaginar o valor do cheque).

Foi com enorme espanto que vi que se tinham enganado e que o cheque não tinha vindo anexo à carta.

Já ia ligar para lá a reclamar quando uma leitura mais atenta me fez perceber que não só não me pagavam nada como, pelo contrário, ainda me exigem que começe a pagar um novo imposto de "conservação de esgotos".

Desde então, não consigo parar de olhar, chocado, para a factura.
Nesta altura, já quase consigo jurar que, em entrelinhas, consigo ler, em letras bem miúdinhas, a frase "e faça favor de ver se muda de alimentação"!

4 sorrisos:

chiconline disse...

Excelente! Muito bom hehehe :)

tavguinu disse...

têm um desafio !

são bons na cama !

JP disse...

Eu acho que o tavguino quer é deixar o pessoal sem resposta. Ou pelo menos confudido. Mas muito sengana, porque eu corroboro. Sou bom de cama também. Mesmo que não seja para dormir. Gosto dela pah. O desafio vai ser acordar a horas, maaaan.

Sorrisos em Alta disse...

E alguma vez a malta aqui fica sem resposta????
Se bem que aqui, não há que responder. O homem não fez uma pergunta, fez uma afirmação!
E, como diz o ditado, "em afirmação que ganha não se mexe!"