quarta-feira, 18 de abril de 2007

Cursos de violência doméstica

Não é só por cá que as barbaridades administrativas acontecem.

Na rígida Alemanha, o Exército enviou uma carta de convocatória a... um bebé de 4 semanas!

A Lucio, assim se chama o recém-nascido, foi exigido que se apresentasse no prazo de 10 dias.

Mais tarde, um porta-voz do Exército alemão veio reconhecer o erro e pedir desculpa pelo sucedido, "explicando" que a carta fora enviada porque alguém se havia enganado a digitar a data de nascimento.

Pelo mundo fora, 6 milhões de benfiquistas lamentam o sucedido. Em vez da data de nascimento, o funcionário público/militar alemão, bem podia ter-se enganado a digitar o nome e ter escrito "Fernando Santos", em vez de "Lucio".

Voltando à criança, não sabemos se se apresentou no prazo, ou não.

Caso não tenha ido, para além das punições militares, alguém a devia pôr na ordem, para a educar.

E, para isso, parece não haver ninguém mais especializado que uma Empresa portuguesa, o Inalco.

Percebam porquê:Se tiverem curiosidade, vão so site da Empresa. Inalco significa Instituto da Alcoologia. Parece que os trabalhadores se dedicam à causa. E quem quem pôs o anúnco já tinha carregado bem no álcool..ogia.

2 sorrisos:

bsp disse...

cheguei aqui via pesquisa pela palavra "moncarapachense" e desde que li o post "nascido para ser grande" que não paro de rir!continuem!

Sorrisos em Alta disse...

Obrigado!
São elogios como esse que nos dão ainda mais força para continuar.
Volta sempre... que a coisa vai piorar! :o)
Abraço
Sorrisos em Alta