sábado, 18 de agosto de 2007

BRAVO!!!!

Pessoal!!! Pessoal!!!

Comprei a revista "Bravo"!!!!!!
Ok, ok, compreendo que não entendam porquê toda esta excitação.

Eu explico. É que a última revista "Bravo" que comprara foi há uns 100 anos atrás. Bem, 100 talvez não, mas há uns bons 30 anos foi.

Daí a minha felicidade por este revival.

Assim que a vi exposta no quiosque e com um dos sub-títulos "Alucina", pensei: "Olha, a Bravo ainda existe e agora é uma revista de Trance!!!"

Não resisti e comprei-a de imediato.

Devo-vos confessar que a minha excitação refreou quando ainda estava a entregar as últimas moeditas ao jornaleiro.
É que uma olhadela mais atenta para a capa, refreou-me os ânimos.

Afinal, o "Alucina" não tinha a ver com festas de Trance. Era mais... "isto":
Depois de melhor olhar a capa e, especialmente, o interior, não só fiquei arrependido, como me senti roubado. E estou mesmo à beira de uma depresssão.

Actualmente, a revista "Bravo" é uma revista feminina!
E para gaiatas na casa dos 9 aos 14 anos!!!

Bem, se calhar já era na minha altura. Então, eu comprava-a unicamente por causa dos posters.

E a "Bravo" original tinha, desde logo, uma claríssima vantagem: era escrita em alemão. Por isso, não percebia um chavo do que lá se escrevia. O que, atendendo ao que se apresenta na "Bravo" que agora adquiri, é uma autêntica dádiva dos céus!

Não que a nova "Bravo" seja em português. Ou melhor, é suposto ser, mas quase não há frase em que não ponham um estrangeirismo. Este, aliás, estava logo na capa:(e se eu o tivesse visto logo, facilmente perceberia a quem se destina a revista).

Mas não é caso único. Não há página que não tenha um estrangeirismo. Alguns exemplos:

- "É que o arqueiro do love não sabe a quem apontar" (sobre a série HSM2)

- "A Shaki aterrou em Hollywood e tudo indica que está decidida a fazer parte do star system" (sobre a Shakira)

- "A tour já está na estrada" (sobre o FF)

E muitos outros mais.

Nos dias de hoje, a "Bravo" é uma espécie de revista "Maria" mas para "mulheres" mais novas (entenda-se miúdinhas).

Mas não para qualquer uma. Apenas para criancinhas atrevidas. É que, lá dentro, quase não há página onde não apareça um "actor" dos Morangos com Açucar em tronco nú (um claro piscar de olhos da revista também a um outro público-alvo: jovens gays - também eles dos 9 aos 14 anos).

Outros dos exemplos que encontrei para a "malícia" das miúdinhas foi uma Banda Desenhada. Acaba assim:Repararam no "pequeno" pormenor???!? "Se ele tiver os DOIS olhos em condições para poder ver". Se um grupo de marmanjos vai a correr atrás do rabo dum rapazito, porque raio é que se faria referência ao número de olhos??? Há mais que dois? (ar inocente)

Tal como a "Maria", na nova "Bravo" não podia faltar uma espécie de consultório sentimental.
No qual, por exemplo, a Sara, de 13 anos, nos dá conta que repara "de há um ano para cá, que um dos meus seios está a crescer mais do que o outro. Começo a sentir-me complexada, pois a diferença é enorme e nota-se mais quando uso blusas mais justas. Tenho vergonha de falar isto com as minhas amigas, mas terei algum problema?"
Não, ó Mama (posso-te tratar como os teus amigos, não posso?).
É perfeitamente normal. O outro acaba por crescer também.
Até lá, não uses é as blusas justas.
Ah, nem calções, que essa mama gigante já se começa a notar nos joelhos...

Estou a ser mauzinho. A revista não é assim tão má.

Aliás, tem até muitas rubricas inovadoras, que demonstram, claramente, que não é feita só para miúdas e que é também para pessoas cultas, evoluidas, maduras.

Como, por exemplo:

* O teste "Quando a tua mãe ou as tuas amigas te fazem críticas... baixas a cabeça ou és das que dizem "tu ainda és pior!"?; ou

* O teste "O teu amigo gosta de ti?"; ou

* O teste dos "3 em linha da amizade"; ou, ainda,

* A secção "Que barraca" em que as maduras contam as histórias que as fizeram envergonhar.
Eis um exemplo:
Lá estou eu outra vez a esticar a corda.

Muito a sério, a revista não é má.

A prová-lo, há... ora deixa cá ver... hum..... hum..... bolas! deve haver qualquer coisa... ah, cá está!!! Olhem... o horóscopo!

Vejamos o que diz para o meu signo:

Sobre o "PLANO DE FÉRIAS": "Viver um dia de Verão no campo pode dar-te vantagem na aproximação a ele. Podem jogar à apanhada, por exemplo... ;o)" (!!!)

Sobre a "AMIZADE": Está mais claro que a água. Pensavas que com vocês era pura amizade, mas ele olha-te com uns olhos tão gulosos como se fosses um bolo!"
Assim que li isto, telefonei ao meu melhor amigo a desmarcar os dias de férias que tínhamos combinado juntos. Depois deste alerta, qualquer olhar dele me ia fazer muita espécie.
E nunca mais o vou ver com os mesmos olhos.
Aliás, arranjei até motivo para uma discussão e para cortarmos relações.
É que, até agora, eu pensava que era mesmo só pura amizade!
Obrigado, Bravo", por me teres aberto os olhos (eh, pá, esta aqui fica estranha, não fica???)

Mas ainda no horóscopo há mais. Nomeadamente, o "CONSELHO DE BELEZA": "Precisas de um gloss rosa para dar volume aos lábios".
E que raio é um gloss? É silicone? Vou ficar igual ao Nuno Guerreiro?????
Nãaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaao!!!!!

Ainda há tempo para um dica de um "FEITIÇO": "Ouve as músicas que ele gosta, escreve o seu nome num papel e rasga-o em quatro. Dois dias depois... bye bye".
Mas... bye bye... o quê? Ele foge? Morre?

Não fiquem preocupados. O facto de a revista "Bravo" se destinar a miúdas de tenra idade, não significa que só por terem tal idade todas tenham que ser inócuas ou ter falta de educação.

Felizmente e por mera coincidência, veio ter até nós a prova em contrário.

Não me perguntem como nem porquê, mas de entre as estranhas visitas que o blog recebe, uma delas veio reencaminhada do site "fotos das famosas" (medo! medo! Porquê? Como raio??? Não sei e prefiro não saber).

De qualquer das formas, o post que acabou por trazer (como? porquê?) a visita ao blog demonstrou-me, de uma forma nítida e muito clara, que também há miúdas que já têm algo na cabeça e que ditam regras na arte de bem tratar a língua portuguesa.

Por favor, façam silêncio, apreciem e venerem esta verdadeira pérola de prosa, sobre a... Diana Chaves:

"gosto muito de ti eras uma boa actora nos morangos com açucar nunca predia nenhum ipisodio.
nem sei porque que sais SABES EU GOSTO DE UM GAIJODOS MORAMGOS QUE É O ANDRE E O EZAC ELE É UM BORRACHO EU TENHO 10 ANOS EU DOU-TE O MEU CONTACTO E O MEU E-MAIL É Brunamourinha@hotmail.com. depois ligame ou vem falar comigo no mensajar.ok beijos es qabraços e da o meu contacto e o meu e-mail os teus amigos dos moramgos nao te esquessas ok faz isso por mim.manda beijos a todos um beijo enorme e um abraço enorme para ti e para o teu namorado se tivesres é claro eu gostaria de te ver a minha frente nem acreditava no que estava a ver eu vivo no proto mais a baixo um pouco do copo bar no bairro nossa senhora de fatima se encontrares uma nossa senhora de fatima e uns apartamentos cinzentos e brancos e é ai que eu moro convidavate para ires passar um dia comigo e dromias e comias
bruna moura em Junho 30th, 2007"
(Fonte: http://www.fotosdasfamosas.com/videos-da-diana-chaves/)

Estão a ver como nem tudo está perdido?

A Bruna NÃO PREDIA nenhum IPISÓDIO. Significa que os via não num PRÉDIO, num mero apartamento, mas sim numa vivenda.
E, já agora, uma questão: Um IPISÓDIO será o quê? Um EPISÓDIO sobre Hippies?

Depois, a Bruna, doidivana (e até já um pouco exaltada), diz que gosta de um gaijo, mas vai logo avançando - AOS BERROS, em maiúsculas - com o nome de dois. Não vá um deles correr mal...

Cumprindo todas as regras essenciais de segurança informática, a nossa Bruninha divulga, para todo o spammer, o seu endereço de email.
Não importa que falem mal de mim, interessa é que falem pra mim...

Depois, já desinibida e até atrevida, convida a Diana Chaves para ir ter com ela ao MENSAJAR.
Certamente, um bar onde servem shot's chamados mensagens.

Não pára e ofereçe-se para fazer uma rodada a todo o elenco dos Morangos com Açucar!

Compreendemos todos os seus problemas e a sua vida miserável, quando, inocente, confessa viver no PROTO.
Ali mesmo, ao pé de Viladesconde e a caminho de Jimarães.

Verificamos, também, a confusão que vai na cabeça da amiga Bruna, ao confundir a Diana Chaves com a Irmã Lucia. "Se encontrares uma nossa senhora de Fátima"??? Mas quê? Em aparição? Em terço?

Já perdida, Bruna confessa que, nesta fase já lhe é indiferente se vier ou homem ou mulher. E, qual reencarnação do anti-cristo, convida a Irmã Lucia para uma sessão de lesbianismo em sua casa, que ela descreve como sendo nuns apartamentos cinzentos e brancos (ah, então ia a casa de uma amiga, com vivenda, ver os ipisódios! Isso é que é dedicação!!!).

É verdadeiramente chocante convidar uma santa para "ires passar um dia comigo e dromias e comias."
Que seca de dia!
Por amor à santa!
Convidá-la para dromir? E comer?
E não lhe ofereces nada para buer???
Oh, Bruna....

3 sorrisos:

tavguinu disse...

tabaco ???

JP disse...

Só tenho de enrolar. Queres???

angelik disse...

Adorei! Fartei-me de rir...