terça-feira, 24 de julho de 2007

Nova modalidade olímpica

Num comentário a um post aqui pouco abaixo, respondo a um amigo, dando conta do meu desencanto por não ter capacidades para aspirar a ser jornalista.

Entre muitíssimos outros defeitos que me impedem de tal, suspeito que o principal seja o defeito que tenho em tender para não abreviar palavras que possam ser susceptíveis de causar outras interpretações.

Dou um exemplo concreto: na notícia que está publicada aqui por cima, o jornalista, por falta de espaço ou porque achou que toda a gente acha que a letra "c" seguida de uma barra significa "contra", informa que uma italiana bateu um record nos 300 metros "c/relógio".

Eu, limitado como sou, teimo em achar que "c/" significa "com". E por isso, ninguém me vai tirar da cabeça que a italiana Erika Zanetti bateu o record do mundo de 300 metros a patinar com relógio.

Outra das coisas de que já não me lemnbro se ainda sei é patinar (será que também não se esquece, como o andar de bicicleta?).
As poucas recordações que tenho do tempo em que patinava, não me permitem lembrar se patinar com relógio fazia alguma diferença em relação a patinar sem ele.
Mas admito que sim, que possa ser usado como aileron, para cortar o vento, e ganhar uns segundos na distância percorrida.
Mas também consigo facilmente imaginar alguém de patins, com um daqueles antigos relógios de sala, de pêndulo, às costas, arrastando-se ao longo de 300 metros.

O conceito é fascinante!
Os próximos Jogos Olimpícos estão quase aí e consigo visualizar já muitas das novas modalidades.
Por exemplo:
- 110 metros barreiras c/ bandelete;
- 200 metros mariposa c/ lantejoulas;
- Halterofilismo com soutien;
- Lançamento do peso c/ piercing;
- Cama elástica c/ barbatanas
e muitas, muitas outras...

5 sorrisos:

JP disse...

Sorte do caraças ninguém a ter mandado parar para perguntar as horas... "scusa, sai che ore sono?".
Eu nunca ando com relógio já para evitar essas cenas.

Sorrisos em Alta disse...

HAHAHHAHAA

Preguiçoso, meu!
Não usar relógio para não ter que andar 300 metros!!! :o)))

Abraço

chiconline disse...

Sim JP isso é tramado, principalmente quando tentamos bater um recorde.
Aquelas ideias que deste dumas possíveis modalidades são realmente muito boas, é um assunto a pensar seriamente pelo comité que organiza esses eventos.
Essa do lançamento do piercing como seria? Lançavam o piercing ou prendiam uma corrente com um peso num piercing até que se soltasse? Acho que deve doer dessa maneira... auch!

PS: já repararam que o vosso endereço "sorrisosemalta" pode ser lido:
- sorrisos em alta
e
- sorrisos e malta?

Fica bem das duas maneiras

Abraço

chiconline disse...

Esqueci-me de mandar no meu outro comentário a piada parva e bastante seca que se impõe neste post:
- Então isso quer dizer que ela patinou nas horas!

Sorrisos em Alta disse...

hehehhe.
Muito boa a do patinou nas horas.

Se calhar porque como fui eu que criei o nosso email, não reparei nessa forma de o ler.
Mas ao longo dos tempos, já alguns nos chamaram assim, de sorrisos E malta.
Pessoalmente, não gosto muito de imaginar as coisas separadas: os sorrisos e a malta. Dá ideia que se trata de malta que não tem os dentes todos para se rir.
Mas isso, se calhar digo eu, que tenho uns dentes lindíssimos. Tanto um como o outro!
;o))

Abraço